domingo, 16 de setembro de 2012

Filhotes e suas novas vidas

Uma das partes mais difíceis na criação é quando precisamos nos desapegar daquelas bolinhas peludas as quais cuidamos e mimamos com todo esmero possível e entrega-los a suas novas vidas com novos "papai" e "mamãe" humanos, depois da árdua tarefa de selecionar os proprietários mais adequados mesmo com o coração apertado sabemos que esses filhotes irão ter uma vida cheia de muito amor e o irão retribuir em suas novas casas. 

Nessa postagem pretendo dar uma prévia sobre cada um dos filhotes, sobre como se desenvolveram, seus temperamentos e seus novos lares.


Sonido/Sony:
Nosso gritão foi o 2o a ir embora, com seus 4 meses fomos rumo a Balneário Camboriú para encontrar o casal que queria muito conhecer o Sony e ver se o mesmo se adaptaria aos animais já existentes na casa, assim como o caseiro e sua família. Sony foi o mais tímido da ninhada, era o mais receoso e por esse motivo teriamos que ter um cuidado ainda maior com relação ao local onde o mesmo iria morar. Casualmente a família nova do Sony não poderia ser mais perfeita, donos de uma imensa propriedade toda cercada e com a companhia de um cão labrador chamado Lucky o nosso pequeno Sony após algum tempo de insegurança começou a desabrochar, sair correndo com o novo companheiro de aventuras. Após alguns incidentes com as aves da propriedade nosso pequenino recebeu alguns dias de adestramento com a família e o adestrador do Lucky e agora tenho notícias que ele não poderia estar melhor, esta muito comportado e já não quer lanchar as galinhas, o que me deixa muito feliz. 

Dante:
Sem dúvida esse menino possui um temperamento maravilhoso, é calmo e muito carinhoso, diferentemente do irmão Beary que sempre foi muito afobado, Dante e Sony possuem temperamentos bem similares, ambos são um pouco inseguros com coisas novas mas muito inteligentes e rápidos no aprendizado, sendo Dante o mais dominante dos meninos ele irá continuar a morar conosco, sendo agora o único macho de Husky Siberiano no nosso canil.


Cookie:
Essa puxou a mãe no quesito mandona, um pouco mais apimentada que a mãe, Cookie gosta de ser o centro das atenções, portanto acabamos por coloca-la como filha única de um grande amigo de faculdade aqui em Curitiba que proporcionará a ela muitos mimos e assim como ela o encherá de carinhos, visto que é a Srta dengosa em forma de cão, foi a primeira a nascer e gosta e busca sempre ser a primeira em tudo, menos no quesito comer, como a maioria das gurias ela e a irmã Punky não são boas de garfo, tendo assim puxado a mãe Lunita e a tia Gatinha por parte do pai Togo. 



Beary: 
Agitação é com ele, eu poderia até dizer que Beary é o tipo que evita brigas a qualquer custo, adora brincar e é muito sociável com pessoas e cães mesmo desconhecidos, é do tipo meigo, como todos da ninhada esse foi um dos traços mais marcantes que todos os filhotes possuem, uma meiguisse e uma vontade de carinho absurdamente cativantes. Beary irá morar no RS com um casal de amigos que por enquanto iremos manter em sigilo a pedidos dos novos proprietários. Nosso  pretusco irá para sua casa nova em outubro quando formos para a exposição do kennel clube de caxias do sul no final de semana do dia 13 de outubro.


Punky:
A levada da breca foi a primeira a se despedir, a sua co-proprietária e também grande amiga e criadora Mariana L Hoffmann do canil Bukharin Siberians veio pessoalmente buscar a menina Punky quando foi visitar a ninhada toda e me ajudar a fazer algumas fotos dos pequenos quando estavam com 2 meses e meio. Punky mora com o casal de amigos Vinicius e sua esposa Fabiana que são proprietários do canil Proprius Dominor de Porto Alegre. Ela e suas novas irmãs Tsuki e Steel se deram muitíssimo bem desde a chegada, dona Punky não poderia ter ido parar em melhores mãos. 


Um comentário:

  1. Bom Post.
    Parabéns pelos lindos exemplares da ninhada .
    Beijinho
    Yoan

    ResponderExcluir